.

.
(Artº Quarto dos Estatutos)

CT1IJ SK

 

A TRGM cumpre o doloroso dever de anunciar que o nosso membro Frederico-CT1IJ fez, hoje, SK.

Apesar dos seus quase 90 anos que concluiria no corrente ano e das suas debilidades físicas, o Frederico continuava muito lúcido e interessado no radioamadorismo, sempre procurando notícias e, aguardando as melhoras, para instalar uma vertical que lhe permitisse operar as bandas de HF.

Esta noite, o seu martirizado coração não aguentou e parou.

Descanse em paz.

À Família enlutada a Tertúlia manifesta sentidos pêsames.

WSPR



 O WSPR (Lê-se [uíspar] “sussurro” em português) sigla de “Weak Signal Propagation Reporter” é um protocolo, para computador, usado para comunicação de rádio de sinal fraco entre  radioamadores, desenhado por Joe Taylor-K1JT há poucos anos.

Como o próprio nome indica é uma transmissão de sinal fraco, em regra 200mW e permite descodificar sinais de -23dB numa banda com a largura de 2500 Hz.

Destina-se, fundamentalmente, a determinar a propagação por local e por banda. É o verdadeiro "propagaciómetro"  de que falava o Filipino (RIP).

Acoplado a um sistema de antenas permite determinar, em breves minutos,  qual a que se encontra em melhores condições (Sim/Não) para aquele local.

Os sinais recebidos são carregados, automáticamente e no momento, numa base de dados mundial com o nome de WSPRnet https://wsprnet.org

O programa, em código aberto, tem vindo a ser desenvolvido por vários OM e conta, atualmente, com cerca de 56.000 utilizadores em todo o mundo em TX e RX.

Os equipamentos utilizados são desde a construção caseira ou fabricados por QRP Labs, Sotabeams ou Zachtek, com as suas diferenças e para várias bolsas.

Para quem se queira documentar sobre o assunto encontra na Web muita informação digitando WSPR.


 baliza que ilustra este escrito é a versão TX Desktop 80to10 da Zachtek (Suécia) de 200mW, equipado com GPS que não necessita de PC podendo funcionar de qualquer lugar com uma fonte de 5V 1A .

Baliza autorizada pela ANACOM.


Sinta-se à vontade para usar, (basta selecionar o indicativo da baliza “CT1BAT” que está a funcionar, 24hx7d, desde Coimbra (IN50SE) ligada a uma EFHW 40M, em sloper a 45º .





Pérolas: - Radioamadores de Coimbra em 1977

 Durante as Festas de Penela em 1977.

Por ordem de entrada: o Xico Aroso-CT1XN, o Nascimento-CT4HR, o Filipino-CT1MX (Fundador da Tertúlia) e o Sr. Neves da Costa (Neves dos Vidros)-CT1CZ, o primeiro radioamador de Coimbra, licenciado em 1927.

Todos já SK.


Até sempre Amigos e TKS.


Novo decreto entregue ao Governo para publicação

 " ANACOM entrega ao Governo anteprojeto de alteração das regras do radioamadorismo com o objetivo de contribuir para o respetivo desenvolvimento


O radioamadorismo compreende os serviços de amador e de amador por satélite, constituindo serviços de radiocomunicações definidos no Regulamento das Radiocomunicações da União Internacional das Telecomunicações (UIT), cuja gestão cabe à ANACOM, no âmbito das suas competências de gestão do espectro.

A ANACOM na prossecução da sua missão tem como considerado importante a promoção e valorização desta atividade, nomeadamente junto das novas gerações.

De facto, além de ser uma atividade lúdica, o que também por si é importante, importa assinalar especialmente a sua pesquisa no âmbito da experimentação e da investigação das radiocomunicações, no fomento da educação dos mais jovens nas ciências rádio, no fortalecimento do espírito de interajuda nas comunidades onde os amadores de rádio se inserem, nenhum estabelecimento de comunicações por parte daqueles que vivem em zonas remotas e, mesmo, em situações extremas, o contributo para o auxílio às situações em situações de emergência ou de catástrofe.

Neste enquadramento, a ANACOM entregou ao Governo um anteprojeto de alteração do Decreto-Lei que define as regras aplicáveis ​​aos serviços de radiocomunicações de amador e de amador por satélite, bem como o regime de estabelecimento de certificados e autorizações especiais aos amadores e de licenciamento de estações de uso comum.

A proposta da ANACOM visa consolidar uma proposta anterior de alteração ao mesmo diploma, apresentada ao Governo em 2016, através da qual então se visava atualizar e modernizar alguns procedimentos.

O anteprojeto de Decreto-Lei que agora se apresenta dá continuidade ao processo desenvolvido entre 2016 e 2019 entre o Governo e esta Autoridade, bem como sequência aos trabalhos mais recentes desenvolvidos em 2020 e 2021 de forma colaborativa com amadores e associações de amadores, que enviar à ANACOM contributos no sentido de melhorar o atual quadro normativo dos serviços de amador e amador por satélite.

De entre as mudanças de alteração, face ao atual quadro regulamentar, destaca-se:

a) A categoria 3 torna-se uma categoria permanente, deixando de haver um tempo máximo de permanência nessa categoria, e os amadores desta categoria de entrada ficam com a possibilidade de emitir autonomamente em frequências fixadas numa norma transitória até à alteração do Quadro Nacional de Atribuição de Frequências (QNAF).

b) Deixa de haver tempos combinados de progressão entre categorias, deixando-se à responsabilidade do amador a decisão de realizar, na altura em que entender que está preparado, cada um dos exames de progressão nas várias categorias.

c) Deixa de haver uma idade mínima de acesso à atividade. Contudo, os amadores menores de 16 anos só precisam fazer exame com permissão de escrita de quem exerça a respetiva responsabilidade parental ou tutela, nos termos da lei civil, e só podem usar os dispositivos de supervisão por amadores maiores de idade de categorias ou superiores no acesso às faixas do espectro.

d) Previsões ampliadas, reduções das taxas de exame - para menores de 25 anos, maiores de 65 anos e portadores de incapacidade - e a supressão, à semelhança do que já se verifica em outros países, da taxa anual de utilização do espectro pelo titular de Certificado de Amador Nacional (CAN), medida com a qual se visa fomentar a utilização dos serviços de amador e de amador por satélite, como meio de divulgação e tecnologia no âmbito das comunicações eletrónicas em geral e das radiocomunicações em particular, promovendo-se ainda o acesso da população em geral, designadamente dos mais jovens, ao contato com as radiocomunicações por intermédio do radioamadorismo. "


------------------------

Este é o resultado final dos contributos de várias entidades, chamadas pela Anacom, sendo a proposta da ARRLx + TRGM a constante do comunicado que publicámos em 09/10/2021 

 


PNEPC, revisão de 2021

Porque vários colegas nos questionaram sobre o que se passou para dar origem à paragem da revisão do PNEPC em Março, à proposta de algumas associações à ANEPC e à nova versão, aqui fica uma cronologia dos acontecimentos para quem tem interesse em saber.



- em Março / 2021 esteve em consulta pública a revisão do PNEPC -Plano Nacional de Emergência de Proteção Civil  o qual excluía os Radioamadores do plano atribuindo o apoio às comunicações de emergência a 2 associações de voluntariado e associações de radioamadores e uma organização de socorro sediadas em concelhos limítrofes de Lisboa. 



As tarefas, anteriormente cometidas às Associações de Radioamadores ficariam, deste modo e únicamente, da responsabilidade de três entidades que se propuseram a OVPC-Organizações de Voluntariado de Proteção Civil junto da ANEPC-Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Os Radioamadores em geral e as Associações de Radioamadores, há vários anos de grande valia no apoio às comunicações de emergência, ficariam EXCLUIDOS.


Confrontados com este "ataque" sem precedentes à imagem e prestígio dos radioamadores portugueses e das suas associações representativas, de imediato a ARRLx, questionou a ANEPC do que resultou:

- uma interrupção do processo;

- a marcação de uma reunião, a que responderam 11 associações e donde saiu a proposta abaixo

- a qual foi atendida na íntegra e, agora, espelhada no novo PNEPC em consulta pública.

Voltámos à situação que vem desde o início do PNEPC.
Fica o esclarecimento (cada um que faça o seu juizo!)

PLANO NACIONAL DE EMERGÊNCIA DE PROTEÇÃO CIVIL

 Foi hoje publicada a revisão do PNEPC que se encontra em "Consulta Pública".

A TRGM, enquanto associação de radioamadores com protocolo de colaboração com a ANEPC tem vindo a contribuir, com a ARRLx e outras associações, para a elaboração do plano.

O trabalho final, agora divulgado, ficará à consulta pública para que todos os cidadãos/entidades interessadas possam apresentar contributos ou sugestões até 10 de Fevereiro de 2022.

Porque a proteção civil respeita a todos e, em especial aos radioamadores, enquanto detentores de conhecimentos e meios de comunicação "à prova de catástrofes", sugerimos uma leitura atenta e que apresentem sugestões para que o PNEPC possa ser melhorado tanto quanto possível.

As propostas podem ser apresentadas a título pessoal, por qualquer cidadão. 

O documento PNEPC poderá ser consultado e descarregado aqui .


MAG

 



Os documentos podem ser consultados, pelos membros, na Área Reservada deste blog (ao fundo à direita).

ANACOM-PLANO PLURIANUAL de ATIVIDADES 2022-2024

 Conforme o blogue da Tertúlia já noticiou em 02/08 passado, esteve em consulta pública (até 13 de Agosto) o PLANO PLURIANUAL de ATIVIDADES 2022-2024.

A versão final foi, agora, publicada https://online.fliphtml5.com/rchw/ozpg/#p=2 dela constando a revisão


da regulamentação de amador, em curso e já objeto de comunicado conjunto da TRGM e ARRLx (pág.19) e do PORTAL DO CONHECIMENTO RÁDIO (pág. 34), uma iniciativa da ANACOM para a criação de uma base de dados dinâmica contendo informação e elementos formativos e bibliográficos para a preparação, especialmente, dos novos radioamadores aberta à participação das associações para o que a ARRLx e a TRGM, a convite da ANACOM, já se disponibilizaram a contribuir. Entendemos que a simples divulgação das respostas às questões de exame, divulgadas pela ANACOM (como algumas associações vêm fazendo...) podendo facilitar a passagem no exame é, em nossa opinião, um deficiente serviço ao radioamadorismo porque 
em nada contribui para a formação teórica dos candidatos.

As sexta-feiras técnicas da ARRLx, com mais de 30 participantes por sessão,  é um excelente meio de aprendizagem para os novos e atuais radioamadores.

CT7ADQ

 

Parabéns ao nosso colega e associado Vitor Caçador que, hoje, foi aprovado em exame para a categoria 1, sendo-lhe atribuido o ID de estação CT7ADQ!

O Vitor Caçador foi um dos primeiros participantes das ações de preparação da Tertúlia, participou de alguns projetos da TFS-Tertúlia do Ferro de Soldar e concluiu há algum tempo o curso de CW de que é regular praticante.

Boas comunicações!

Nova regulamentação de amador

 COMUNICADO aos associados da ARRLx + TRGM e demais colegas interessados:

A ARRLx e a TRGM reuniram, ontem dia 9-set, mais uma vez, com a ANACOM na discussão de propostas para a nova regulamentação de amador (decreto-lei, procedimentos e QNAF).

Após a audição de várias associações e radioamadores individuais a ANACOM informou que:

1. o projeto do novo decreto vai circular pelos vários departamentos da ANACOM para parecer;

2. pretende, antes do final do ano, ter o projeto de decreto-lei pronto para envio ao governo para aprovação;

3. caso haja concordância e aprovação, por parte do governo, a ANACOM terá um prazo (90-120 dias) para regulamentar o decreto-lei;

4. já foram discutidas e obtido consenso sobre a maioria das propostas, relativas aos procedimentos e às frequências estes sim, (Procedimentos e QNAF), que serão objeto de consulta pública.

Não podendo divulgar o teor das reuniões devido a compromisso aceite podemos, no entanto, afirmar que estamos muito satisfeitos quanto ao acolhimento das nossas propostas, nomeadamente:

- a eliminação do período de escuta da categoria 3;

- a eliminação do prazo para subida de categoria;

- eliminação da idade mínima para se candidatar a exame de amador;

- a possibilidade de se candidatar, inicialmente, ao exame da categoria para a qual se sinta habilitado;

- acesso, das categorias 2 (Novice) e 3 (Entry Level) à maioria das bandas;

entre diversos outros aspetos que se aproveitou para melhorar.

Queremos salientar, o enorme empenho e disponibilidade sentido, por parte dos representantes da ANACOM (engª . Luisa Mendes, engº. Carlos Antunes e D. Ema Esteves) em ir ao encontro do desejado pelos amadores, na medida do possível, atendendo a que há matérias reguladas por acordos internacionais cujas limitações não podem ser ultrapassadas.

ARRLx – António Viegas

TRGM – José Machado

Taxa anual ANACOM

 Começaram a chegar, hoje, às caixas de correio eletrónico a fatura, relativa à taxa anual de utilização do espetro, a pagar até 04 de Outubro próximo.


Não esqueça!
Mantenha-se a salvo, use o rádio!


Prof. Norberto Pires > SK

 Acaba de chegar ao nosso conhecimento que faleceu o Prof. Norberto Pires.

Não sendo radioamador,  o Prof. Norberto era um amigo da Tertúlia. 

Fomos alvo da sua gentileza quando, presidente do CA do iParque, nos permitiu realizar o Field Day da Tertúlia naquele espaço.

Prof. Norberto Pires

À família enlutada a TRGM expressa sentidos pêsames.

 Está em consulta pública, aceitando comentários e sugestões até 13/08/2021, o 

Plano plurianual de atividades 2022-2024 - objetivos e ações estratégicas (clique para abrir) da ANACOM onde se prevê, entre outros assuntos, em 2022



Todos podem, individual ou coletivamente caso queiram, manifestar a sua opinião e apresentar sugestões/propostas que, no seu entender, melhor servem os radioamadores.
Se entender que devemos ter uma posição coletiva diligencie, para que isso aconteça, junto da sua associação.



Notícias ANACOM - Ago/2021

 

                                                  (Clique na imagem para abrir)

Joaquim Bento-CT1BFH SK

 A Tertúlia cumpre o doloroso dever comunicar o SK do nosso colega, amigo e membro da TRGM, Joaquim Bento - CT1BFH.

À Exma. Familia apresentamos sentidas condolências.

Até sempre amigo Bento.


(o corpo encontra-se depositado na Igreja de S. Martinho a partir das 10,30 de amanhã, Segunda-feira, de onde se realizará o funeral pelas 15:00h)


Revistas da URE (2020-1949)

 A URE disponibiliza, em https://www.ure.es/descargas/?categoria=revista-ure-anos-completos&orderby=nombre&order=desc , a descarga das suas revistas, por ano, desde 2020 até 1949.

É uma revista mensal de cerca de 70 páginas distribuida gratuitamente (em papel) aos sócios (quota de 83,00 euros ano 2021) entre outros, com artigos acessíveis e de elevado nível técnico/científico que, no final de cada ano, a URE disponibiliza, gratuitamente, à comunidade radioamadorística.

Gracias a URE.

Anomalia

 Por razões alheias à Tertúlia ( devido à intrusão numa das plataformas de suporte ao blogue) registaram-se, na passada semana, algumas dificuldades no acesso via Web ao nosso blogue, que já se encontra em normais condições de funcionamento.

Agradecemos a compreensão dos nossos leitores!





TRGM
uma forma de estar no radioamadorismo!


Novas regras para compras online extracomunitárias

A nova legislação comunitária, relativa à aplicação do IVA no comércio eletrônico, vai eliminar a isenção do IVA e da Franquia Aduaneira nas compras extracomunitárias até aos 22 Euros.

 

A legislação entra em vigor a 1 de julho de 2021 e, a partir desse dia, todas as compras que entrem em Portugal, independentemente do valor do objeto e dos dados em que foi adquirido, vão passar dar lugar ao pagamento de IVA e ao respetivo desalfandegamento .

Mais informação aqui

Repetidor RV62 CQ0VTM-Aveleira, Coimbra

 


Conforme prometido, encontra-se a funcionar, de novo, desde esta tarde o repetidor da TRGM, CQ0VTM, na Aveleira.

Sobranceiro à cidade de Coimbra (7 Kms em linha reta) para permitir uma cobertura integral da cidade, o repetidor foi instalado, por gentileza da Media Capital , na sua torre a  555 Metros de altitude.



Disfrutem deste nosso / vosso repetidor e dêm-nos os vossos reportes para trgm@trgm.pt 






O Radioamadorismo na RTP

 Hoje, na Praça da Alegria, pela voz do nosso amigo Jorge Cardoso, da ARLC, um testemunho de Radioamadorismo.

clique aqui

Obrigado Jorge, os radioamadores agradecem!

O APRS da Tertúlia

 




Hoje, o APRS da Tertúlia na sua nova localização , na Serra do Bussaco foi escutado, em direto, por 2 estações nas Ilhas Canárias, a mais de 1.500 Kms!


Por sua vez a nossa estação também escutou uma estação, sensivelmente, à mesma distância.

Fine Business!

Repetidores da TRGM

Inesperadamente e sem aviso prévio, há cerca de 1 mês, fomos confrontados com o desligamento de energia de rede ao site particular onde se encontravam alojados, entre outros, os nossos repetidores de APRS e de VHF.



De imediato, diligenciámos obter, na zona, novo local para a instalação, nada que se consiga de um dia para outro, sobretudo, a preço que podemos pagar.
Contudo, com a ajuda dos amigos, conseguimos.




Assim, temos o gosto de informar que o APRS, com o novo indicativo da estaçãoCQ0PTM, está de novo ativo em 144.800MHz, numa posição melhorada, na torre da  Rádio Clube da Pampilhosa  na serra do Buçaco.






Também, o repetidor de VHF, RV62 em 145.775MHzcom o IC:CQ0VTM, já foi licenciado na nova localização, a antena está montada e ficará no ar dentro de dias na torre da Media Capital na Aveleira, numa posição melhorada a 555m de altitude, com excelente cobertura, sobranceiro à cidade de Coimbra, distando dela cerca de 7Kms.













Às entidades Rádio Clube da Pampilhosa eMedia Capital Rádios, que pronta e gentilmente nos acomodaram fica o reconhecimento da TRGM e dos radioamadores a quem servimos.

Radioamadorismo? Sempre!